ESCOLAS ESTADUAIS NO RS NÃO TERÃO AULAS NOS TURNOS DE JOGOS DO BRASIL - Observador Regional

ESCOLAS ESTADUAIS NO RS NÃO TERÃO AULAS NOS TURNOS DE JOGOS DO BRASIL

ESCOLAS ESTADUAIS NO RS NÃO TERÃO AULAS NOS TURNOS DE JOGOS DO BRASIL

Geral - Postada em: 13/06/2018 às 09:18:00

ESCOLAS ESTADUAIS NO RS NÃO TERÃO AULAS NOS TURNOS DE JOGOS DO BRASIL .
ESCOLAS ESTADUAIS NO RS NÃO TERÃO AULAS NOS TURNOS DE JOGOS DO BRASIL .

O governo do Estado definiu as alterações de expediente e prestação de serviços nas datas em que a Seleção Brasileira entra em campo pela primeira fase da Copa do Mundo 2018. A primeira alteração será no dia 22 de junho, quando o Brasil joga, às 9h, contra a Costa Rica. Nesse dia não haverá aula no turno da manhã e o expediente será das 12h às 19h.

A segunda mudança de rotina é no dia 27 de junho, quarta-feira, quando o Brasil enfrenta a seleção da Sérvia, às 15h. Nesse dia, não haverá aula na rede estadual durante a tarde e o expediente administrativo será das 8h às 14h. 

Os serviços de saúde, conforme o governo do Estado, terão horários definidos pelos municípios. Os atendimentos essenciais e de plantão não sofrerão mudanças, promete o governo.

Por ser domingo (17), o jogo de estreia do Brasil na Copa, contra a Suíça, não provocará mudanças nos serviços públicos.

Legislativos

Tanto Assembleia Legislativa, quanto Câmara de Vereadores de Porto Alegre anunciaram que não haverá mudanças nos regimes de trabalho durante a Copa. Ambas as casas legislativas orientam os servidores, CCs, estagiários e terceirizados a trabalharem normalmente, podendo assistir aos jogos nas TVs distribuídas pelos gabinetes e repartições.

Judiciário

A decisão sobre o expediente de trabalho no governo do Estado copia o que foi anunciado pelo Judiciário gaúcho ainda no final de maio. A Defensoria Pública também utilizará o mesmo regime: das 12h às 19h no dia 22 de junho, e das 8h às 14h no dia 27 de junho.

MP e TCE

O Ministério Público (MP) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) ainda não anunciaram que expedientes adotarão durante a Copa.

 

Fonte: ZH